quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Atividades 3.1 – Diretrizes da Escola frente ao uso das Mídias Sociais


Atividades 3.1 – Diretrizes da Escola frente ao uso das Mídias Sociais

Turma Edson Leonel Bandeirantes – MS

Cursistas: Marcos, Sirley Ribeiro, José Cândido, José Alberto, Wesley da Silva, Maria de Lurdes, Sebastião, Ender, Ricardo.


Quando observamos o uso das redes sociais nas escolas verificamos os benefícios e grande número de riscos.
Entendemos que existem benefícios quanto ao uso das redes sociais, entre eles a divulgação de trabalhos realizados na escola, pois os alunos podem postar seus trabalhos, projetos e matérias de interesse no facebook da escola, estimulando a participação de toda comunidade escolar tornando-a muita mais ativa. Mas acreditamos também que os beneficio só será concretizado com o trabalho direcionado do professor que até muitas vezes não consegue totalmente por causa dos alunos não terem maturidade para escolher os reais interesses e o verdadeiro motivo de estarem estudando, porque a maioria dos estudantes infelizmente utilizam o facebook e demais redes sociais com motivos totalmente alheios à sala de aula, interferindo no seu rendimento escolar, uma das grandes preocupações por parte dos professores, mas não por parte dos alunos.
Um dos maiores vilões na sala de aula é o celular, que tem deixados os alunos cada vez mais desatentos nas aulas diminuindo seu interesse pela aprendizagem, diante disso a nossa escola no seu regimento escolar amparado por uma lei estadual que proibi o aluno utilizar o celular em sala de aula.


terça-feira, 19 de novembro de 2013

AUTOAVALIAÇÃO


Caro aluno(a),

Identificar suas dificuldades e reconhecer as aprendizagens adquiridas é refletir sobre seu próprio desempenho e responsabilizar-se pelo seu estudo e desejo de aprender mais.
Para auto-avaliar-se, seja verdadeiro com você mesmo!


ACESSE O LINK :

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

ATIVIDADE 3.2 TRAÇANDO HISTÓRICO DA RELAÇÃO ESCOLA/COMUNIDADE

Título: TRAÇANDO HISTÓRICO DA RELAÇÃO ESCOLA/COMUNIDADE
Cursistas: Vardeley Soares, Franklin silva, Wesley Silva, José Alberto, Vanessa Dedavid, Tiago Souza, Afonso Celso
Tutor: Edson Leonel
Escola: Estadual Ernesto Solon Borges /  Bandeirantes – MS
      Podemos citar como projeto com maior êxito do engajamento dos jovens juntamente com toda comunidade escolar e extra escolar a Feira de Ciências. Podemos dizer que durante todas as edições o projeto obteve grande sucesso, tanto no âmbito escolar como fora dela.
    O projeto Feira de Ciências iniciou por volta de 2001, sendo que ocorreram várias edições continuas, mas teve uma pequena pausa em alguns anos, logo retornando a ativa, pelo fato de ser um projeto de grande importância para toda comunidade escolar e população em geral.
    Tal projeto teve grande relevância, pelo fato que em várias edições ocorreram a presença e participação de forma ativa de grupos universitários, tais como: Universidade Católica Dom Bosco, Universidade Anhanguera Uniderp e Universidade Federal de Mato grosso do Sul, expondo seus trabalhos e auxiliando na produção do conhecimento para nossa comunidade.
      As atividades são desenvolvidas pelo corpo docente juntamente com o corpo discente, os mesmo são divididos em temas, nos quais os temas buscam abordar a realidade social país e comunidade local. Sempre abordando temas impactantes, tais como: Sexualidade, Drogas, Meio ambiente e etc.
     O que poderia ser melhorado seria uma maior participação dos pais e alunos antes e durante a realização das atividades.

sábado, 26 de outubro de 2013

Atividade 2.3 - Utilizando reds sociais de forma crítica e produtiva

           Propomos um diálogo entre os cursistas sobre os processos que envolveram o ingresso nas redes sociais, bem como as atividades que cada um realiza nesses espaços.
            Busquem identificar as especificidades socioculturais desse contexto: de que forma cada participante conheceu e ingressou em determinada rede social? Alguém já auxiliou outros colegas em suas primeiras experiências? Quais as principais atividades que realizam? Quais as atividades preferidas? De que forma pode ser usada para facilitar ações educativas? Alguma crítica? Existe o cuidado com questões de segurança e privacidade de informações? Quais diferenças percebem nos recursos, em comparação com a Comunidade Virtual que estamos utilizando no Ambiente e-ProInfo?
         Por fim, elaborem uma síntese dessa experiência do grupo para compartilhar nos blogs pessoais. Vocês podem, também, divulgar o link para a postagem em todas as redes que participam.
         
  • Segundos os colegas de grupo a inserção ocorreu a partir de contato e estímulos em formações continuadas para utilizarem redes sociais em práticas educacionais e interação entre grupo. E ainda alguns já utilizavam em virtude da comunicação entre colegas de estudo.
  • Alguns por meio de motivação em cursos oferecido pelo e-proinfo e outros pela necessidade de troca de informações de estudo durante curso de graduação (conteúdo de provas , datas e informes gerais de colegas e professores). 
  • No grupo  temos dois colegas que já auxiliaram colegas de profissão e familiares, principalmente na utilização do Orkut e Facebook .
  •  Trocas de informações, curiosidade e momentos particulares,  como conversa com parentes e conhecidos.
  • Preferencialmente o contato com os familiares distantes e conhecidos de "longa data".
  • Podemos utilizar  para informar data e indicar materiais de consulta de determinados conteúdos , bem como a inserção de links de textos , listas de exercícios, sites ou vídeos.
  • Negativamente podemos nos deparar com o uso indevido da ferramenta em sala de aula, onde os alunos podem relacionarem com outras pessoas e não participarem ativamente da aula , mesmo estando presente .
  •  Sim a principal preocupação, torna-se a conscientização dos alunos na utilização da ferramenta, pois os mesmos devem estar ciente dos riscos em expor  informações de caráter pessoal que podem ser utilizados de forma indevida ou  denegrir sua imagem. Vale observar que o compartilhando de alguns arquivos deve ser restrito aos interessados, previamente registrados pelo educador garantindo a privacidade de assuntos ou informações.
  • Os recursos do e-proinfo possibilitam a interação ativa entre os usuários , ocasionado trocas de informações efetivas que enriquecem o conhecimento coletivo e apresenta maior segurança da informação, o mesmo não ocorre nas redes comuns, porém nas redes comuns o cadastro é facilitado, logo o  e-propinfo exige  que o cadastramento seja realizado pelo tutor. 



quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Atividade 2.4 – Reflexão sobre a participação em Redes


Atividade 2.4 – Reflexão sobre a participação em Redes


Minha participação em redes sociais é ativa, uma vez que busco contribuir sempre no processo coletivo delimitando os objetivos com o contexto. Através disso todo comentário é excencial para desenvolver um processo construtivo, sendo que analiso os comentários e respondo sempre que posso.
Facebook, bloogs, google+, WhatsApp, Twitter, entre outros, são exemplos claros das redes sociais que se enquadram na definição de “Comunidade de prática”. Portanto acredito que toda comunidade deve evoluir, como toda tecnologia ela não estagna. Cada perfil da comunidade buscam suas próprias estratégias.